Bem- vindos

Bem- vindos

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Saudades


Palavra controversa...
Para uns a melhor lembrança.
Para outros o pior de esquecer.
Para muitos grandes alegrias.
Para outros grandes tristezas.
Saudade... Palavra doce e amarga, esperança e desespero, começo e fim...
Doce? Quando lembra momentos inesquecíveis; amores e conquistas.
Amarga? Quando lembra momentos que queremos esquecer; dores e perdas.
Esperança? Quando a saudade é passado, presente e futuro.
Desespero? Quando já acabou e não temos como voltar.
Saudade é o começo de que se concretiza e o fim???
Saudade é fim quando nos derrotamos, damos a batalha por vencida, quando olhamos e falamos: - acabou...
Será que saudade é dessa maneira?
Talvez sim, provavelmente não!
Pois saudade é o melhor e pior momento que cada humano traça pelo caminho.
Caminho este sem volta, mas que tem conserto.
Assim saudade é uma marca que ensina que reduz que refaz.
Tudo quando é boa - nada quando é má.
Saudade é sinônimo e antônimo
Saudade é conquista e perda.
E é tudo o que temos para lembrar na eternidade....