Bem- vindos

Bem- vindos

terça-feira, 27 de abril de 2010

Humildade




O cão segue seu dono humildemente.
Sempre atento a cada passo distraído do seu dono.
Vigia, cheira, ergue as orelhas ao menor barulho.
Seu dono, porém, nem percebe esta atenção e segue em frente só pensando em si mesmo.
Passo a passo vai marcando o caminho por onde passa, e ao seu lado aquelas marquinhas pequenas não cessam em nenhum metro do caminho.
De repente, um barulho, os dois param em movimento sincronizado, o dono olha e nem percebe que seu fiel cão já viu o cervo a poucos passos de distância e num latido se lança atrás dele até derrubá-lo no chão, segurando-o até que seu dono se aproxima e pega.
O que ganha???
Um pequeno afago no pêlo e um pedaço de osso quando chegar em casa.
Pois, a carne seu dono come sem a menor cerimônia.