Bem- vindos

Bem- vindos

sábado, 10 de abril de 2010

O Rio



No curso do seu dia-a-dia vai desafiando obstáculos, deixando rastro de alegria, confiança e sabedoria também.
Alegria por trazer águas frescas e alimentos há muitos seres vivos, muito dependentes de seu curso para tirar dele seu sustento mantendo a confiança de que amanhã lá estará ele para novamente servir de todas as formas possíveis ao seu mais fiel explorador o “ser vivo” que sem ele não sobreviverá.
Traz-nos sua sabedoria de que é dando que se recebe, de que em cada curva há uma vida, e mesmo que haja obstáculos devemos seguir em frente.
Para que no fim de uma jornada encontraremos a tranqüilidade serena de termos alcançado o mais alto objetivo: “o de termos sido importantes para alguém em algum dia.”