Bem- vindos

Bem- vindos

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Obras


Não são criadas ao acaso: são planejadas, organizadas, executadas...
O ser humano é capaz de criar grandes espetáculos e destruir imensos sonhos.
Por obra a tudo, somos ignorantes, dependentes, destruidores...
Pois hoje criamos algo que amanhã será substituído e assim já fizemos estragos.
Nas obras do dia-a-dia vamos mudando o mundo.
E o mundo aos poucos vai se revoltando.
Até quando será? Que nossas obras vão agüentar escorar o mundo com agulhas.
Não sei, só entendo que cada catástrofe que acontece o homem resolve com obras e assim vai se afundando sempre mais em ilusão, criação, obstinação de querer melhorar de vida, nem que isto custe à vida do mundo.