Bem- vindos

Bem- vindos

terça-feira, 23 de março de 2010

Saudades de infância


Ah!
Que saudades eu tenho,
Da minha infância querida.
Dos domingos animados,
Das brincadeiras divertidas.

Esconde-esconde, pega-pega,
Corrida de rolimã.
E em dias de ventania,
As pipas faziam nossa alegria.

Multicoloridas, extravagantes,
Nada de cerol, tudo muito leal.
Cada um defendia sua participante,
Soltar e empinar pipas era legal.

As competições eram pra valer,
O voo mais alto e as piruetas.
Ninguém queria perder,
Para isso valia até fazer mutreta.