Bem- vindos

Bem- vindos

terça-feira, 16 de março de 2010

Alma Vazia


Ninguém para amar
Nem a quem encantar
Sem aplausos
Sem sussurros
Sem afagos.
O que resta?
A amarras de um passado
E uma alma vazia.