Bem- vindos

Bem- vindos

domingo, 12 de dezembro de 2010

Não Há



Não Há


Na há distância
Que separe um grande amor
Não há adornos
Que escondam sua cor.
Não há duvidas
Quando se diz a verdade.
Não há afeto
Quando predomina o rancor.
Não há boas vibrações
Quando o pessimismo domina.