Bem- vindos

Bem- vindos

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Inquietudes


Na incerteza do tempo...
Vivo cada instante,
Como se fosse último momento.

Na inquietude do mar....
Feito barco a vela,
Procuro porto seguro para ancorar.

Nos tropeços do caminho...
Em cada prece,
Rogo por uma gota de carinho.