Bem- vindos

Bem- vindos

domingo, 29 de maio de 2011

Ao sabor do entardecer





Em meio a suave
brisa do entardecer
Solto as amarras para
energia absorver.

Assopro gostoso
Que meu corpo contorna
Despenteia cabelos
Mas não se conforma.

Num vai-vem
Tenta me encantar
Trazendo aromas
Para me agradar.