Bem- vindos

Bem- vindos

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Destinos





Traçam-se novos destinos, marcados de rotas, ansiedades, encontros, recordações, carinhos, confissões, dúvidas, exigências.
Saber optar, dividir, ouvir, pedir e partilhar tudo a todo o momento faz parte.
Um sorriso, um piscar, um suspiro, um agravo, um ciúme, umas discussões ajudam nesta construção, que edifica, fortifica, e eleva... Os sentimentos.
Perdão parte integrante neste destino que enlaça duas vidas de uma forma soberana.
Mas como tudo depende somente dele... Caminho escrito entre pedras, espinhos e encruzilhadas às vezes separam duas almas encontradas para medir a intensidade desse amor que silencia, chora por dentro, mata aos poucos o ser pela existência e imensidão do mundo.
Acontecem desencontros, mas mesmo assim se o conjunto tem harmonia, afeto, calor vence-se a solidão pelo pensamento, pelo imaginar o outro bem, pela brisa que toca seu rosto trazendo seu perfume, pelo brilho duma estrela no céu parecendo seu olhar.
Na vida é assim, anseia-se, procura-se, acha-se e perde-se... Mas mesmo assim não devemos desistir por que o amanhã trás um novo destino desconhecido, mas que deve ser vivido com mais intensidade, pois, com o que passou só devemos aprender a aproveitar melhor o que está por vir. E o que está por vir trás surpresas sempre...