Bem- vindos

Bem- vindos

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Guerreiro


Destemido em terras áridas
Lutas pela liberdade
Só o que ninguém sabe
É sobre a tua saudade.

Na vida escolhestes ser guerreiro
E de pé lutas e sorris
Só o que ninguém sabe
A dor a te afligir.

A tua força é destemida
Nada te consegue derrubar
Mesmo de alma sentida
Não desistes de sonhar.