Bem- vindos

Bem- vindos

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Trem Vazio


Ensinastes-me como guiar o trem da vida
Só não ensinastes que a cada estação
Aumentaria o vazio em meu coração.

Repassastes-me sua sabedoria
Só não me falaste da dor
Que me assolaria.

Hoje me sinto como esse vagão
Só, muito só
Com uma enorme saudade no coração.

(Poema dedicado ao meu Pai)