Bem- vindos

Bem- vindos

quinta-feira, 24 de março de 2011

Não Sei



Não sei se Poeta
Não sei se interpretador
Não sei se presta
Não sei se Trovador.

O que acontece comigo
Explico:
Coloco no papel
O que sinto.
Transformo em palavras
A situação:
Momento, gravura,
Sentimento.

Às vezes tristeza
Outras bem querer
Às vezes beleza
Outras bel-prazer.

4 comentários:

  1. Ser poeta é isso mesmo: colocar as emoções e os sentimentos no papel. Gosto de te ler.

    Beijos

    Runa

    ResponderExcluir
  2. Colocar no papel o que se sente, eis a essência do ser poeta.Transformar em palavras quaisquer situações, eis o desafio de ser jardineiro da emoção. Gosto muito de sua poesia! Boa Tarde!

    ResponderExcluir
  3. Bela poesia,cheia de amoção.Até apróxima.

    ResponderExcluir
  4. Falo aqui de tudo o que vc fez, palavras que li e imagens que vi neste blog.
    Vc além de escrever bem e bonito, coloca imagens maravilhosas e de acordo com o assunto. Acor do blog não cansa. Foi bem escolhida
    Parabéns

    ResponderExcluir