Bem- vindos

Bem- vindos

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Abandonada



Os olhos cansados de tanto chorar
Fecham-se em total desalento
Abandonada pelo amor
Entrega-se ao lamento.

A distância não diminui essa dor
A ausência não conforta coração.
Passam-se dias e noites
Única companhia, a solidão.