Bem- vindos

Bem- vindos

domingo, 30 de outubro de 2011

Criança


Olhar brilhante

Sorriso sincero

Felicidade contagiante

Braços abertos.

Não guarda magoas

Seu coração é alegria

Não guarda ofensas

Sua alma é magia.

Com essa inocência

Se aconchega.

Não vê falsidade

Só vê beleza.

domingo, 23 de outubro de 2011

Com Posso?


Alçar voos se... Cortaram minhas asas.

Buscar certezas em... Palavras errantes.

Atravessar o deserto sem... A envolvente ousadia.

Alcançar estrelas com... Tantas incertezas.

Sentir o sol em... Meio a tempestade.

Como Posso?

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Segredos



Vida recheada de segredos

Segredos guardados a sete chaves

Chaves que carregam enigmas.

Enigmas que envolvem coração.

Coração de sentimentos

Sentimentos a se desvendar

Desvendar é isso que coloco...

coloco em suas mãos.

Mãos que carregam um destino

Destino e impressões

Impressões que ocultam

Os segredos de uma vida.

sábado, 8 de outubro de 2011

Miragem


Um chamado ecoa pelo espaço,
deixando rastro de desespero.
Passos inquietos, anunciam a chegada
- Miragem – nada de vestes,
Somente silêncio,
Lapsos de esquecimento.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Barco de Concreto


O velho marinheiro
Toda sua vida ao mar dedicou
Quando no fim da jornada
Réplica do seu barco no concreto recriou.

Exposto na parede
De sua cabana
O velho marinheiro em sonhos
Navegava semana a semana.

Barco de concreto
Ajuda sonhos completar
De um velho marinheiro
Que na vida não quer naufragar.

sábado, 1 de outubro de 2011