Bem- vindos

Bem- vindos

quinta-feira, 31 de março de 2011

Tão Só

Num mundinho de ilusão

se isolou.

Sua atenção ao mundo

lá fora desligou.

- Nada interessa -

somente sua dor

que ela confessa

ser por um grande amor.

sábado, 26 de março de 2011

quinta-feira, 24 de março de 2011

Não Sei



Não sei se Poeta
Não sei se interpretador
Não sei se presta
Não sei se Trovador.

O que acontece comigo
Explico:
Coloco no papel
O que sinto.
Transformo em palavras
A situação:
Momento, gravura,
Sentimento.

Às vezes tristeza
Outras bem querer
Às vezes beleza
Outras bel-prazer.

terça-feira, 15 de março de 2011

Simples Inocência


Menina meiga
Pelo jardim a vagar
Colhe flores
Para alguém alegrar.

As borboletas
Com seu revoar
Parecem querer a
Ela ajudar.

Das margaridas
Sente o perfume
Sem pressa, ao tempo
Parece imune.

domingo, 13 de março de 2011

sexta-feira, 11 de março de 2011

Caminhar




Nesta vida caminhamos:
Trilhamos os caminhos da incerteza, coragem e perseverança.
A cada dia, nova jornada jamais predestinada.
Caprichos: a vida os impõe no caminho que seguimos.
Lucros: obtivemos se o bem praticamos.
Prejuízos: acumulamos se o mal praticamos.
Jornada longa, traçada pelo dia-a-dia de todos os que caminham, tropeçam e seguem com lutas, interesses aos desafios.
Ao longo do caminho conquistamos, perdemos, alcançamos vitórias e marcamos parte da história que a humanidade escreve.
Fica? Fica sim uma grande saudade do projeto traçado sem jamais ser acabado.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Sedução



No jogo da sedução
Me visto de fetiches secretos
Para te incendiar de desejo
E aquecer nossa paixão.

domingo, 6 de março de 2011

Memórias


Entre poemas avivo
minha memória,
Linhas que falam
Pedaços da minha história.
Para que eu jamais
Esqueça,
Novas letras
vem a cabeça,
Para reescrever esses
quebra-cabeças.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Mulher



Seu amor é incondicional,
Vive várias personagens em tempo integral.
Nas alegrias se expressa pelo choro,
Nas tristezas mostra ser valente.
Divide seu afeto em milhões,
Sem jamais falar de suas aflições.
Mulher ser completo,
A quem Deus confiou o maior projeto.
Não medir seus sentimentos,
Doar-se em todos os momentos.

terça-feira, 1 de março de 2011

Na Chuva





A chuva caindo,
Eu olhando pela vidraça.
Ao longe vejo,
Um casal na praça.

Para eles chuva,
Não importa.
Enquanto se beijavam,
O resto molha.

Amor abençoado,
Pela chuva fria.
E a luminária,
Que alumia.


Beijo Na chuva


Casal afoito
Lugar não escolheu
Ali mesmo na chuva
O beijo aconteceu.

O mundo ao redor
Nada importou.
Com beijo na chuva
Foi que tudo começou.

Chuva caia
Molhando o casal
Mas nada esfria
Esse amor carnal.