Bem- vindos

Bem- vindos

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Mãe Natureza




A mãe Natureza
Por nós se doa
Oferece sua riqueza
E o homem sabotoa.

Triste realidade
Que precisa ser mudada
Para nossa liberdade
No futuro não ser condenada.

Precisamos tomar consciência
Que não importa o lugar
Nem a espécie.
O importante é preservar
Em prol da sobrevivência.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Espera




Nas longas noites de espera
Melodiosa música se repete
Tocando notas de uma linda canção
Que tocavam os nossos corações.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Alpinista


Seu espirito irriquieto e aventureiro
Desafiava a mãe natureza
Escalava as montanhas para do cume
mais alto apreciar sua beleza.
Tanto se encantou
Que seu corpo por lá ficou.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Aprisionado Coração (PP)


Aprisionado coração
Coração que tantas batalhas vence
Vence a tristeza, planta alegria
Alegria que precisa sobreviver.

Sobreviver a martírios
Martírios que ferem a alma
Alma que inquieta procura
Procura a libertação.

Libertação que procuro pelas grades
Grades desta triste cela
Cela que aflige
Aflige aprisionado coração.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Aspiro Poesia



Como poeta tenho fome
e como larva,
viajo em busca de poesia.
Procuro a inspiração
sem ter certeza nem razão,
crio nuvens de fantasia.
Transformo palavras em
emoção e sentimentos,
iludida pela tentação
Tornei-me prisioneira
dessa paixão.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Esquecer o Passado




Do que ficou
Nada quero
Pertence ao passado
Quero viver as interrogações
Esquecer as certezas.

Deixe-me assim
Silenciar pensamentos
Enquanto descanso
Visto novos sentimentos.

Quero voar
Descobrir-me
Não quero o passado
A engolir-me.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Fagulhas


Com as pernas...
Em coreografias te envolvo sem pressa.

Um dos pés...
No outro.

Uma coxa...
Na outra.

A loucura insana do meu prazer...
Expõe-me em fagulhas aos teus desejos.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Carinho





Carência sentida n’alma e coração...
Todo humano o necessita para se sentir mais inteiro, vivo e capaz.
Carinho transforma corações...
Faz palpitar, amansar tornar-se doce.
Carinho fornece coragem, ousadia para propor realizações.
Carinho é tudo... Sem ele não nos sentimos vivos, alegres e capazes.
Carinho por menor que seja torna o humano fortificado, irradiante.
Todo humano precisa de carinho nem que seja aos pinguinhos, aos pouquinhos...
Carinho necessidade de construção, realizações e conclusão...
Carinho é alimento para alma, saciez para o coração, satisfação para o conjunto.
Carinho é doação, vocação e ação.
Tudo e nada... Carinho é tudo, indiferença é nada.
Assim vivemos a cada dia sentindo no coração e alma tudo e nada, pouco e muito...
Com isto conquistamos, perdemos,chamamos e choramos...
Mas carinho é assim, é sentimento dos outros por nós, assim devemos dar e receber, sem cobrar e sem cobiçar.
Pois, carinho é sempre carinho nem que seja aos pinguinhos...

domingo, 2 de janeiro de 2011

Sedutor




Seu toque aveludado
Descendo pelo corpo
Abre o apetite do prazer.

Nos seus braços
Acalmo minha sede e
Deleito bel-prazer.

Seu olhar exala
Versos, fazendo-me
Esquecer que já
Vai amanhecer.